Visagismo: Uma imagem vale mais do que mil palavras


visagismo
Como as outras pessoas te veem? Extrovertida? Impulsiva? Qual a imagem que você passa em uma entrevista? Competência ou inexperiência?

Nem sempre se conhecer bem é o necessário para transmitir o que existe de melhor: a sua personalidade, é por isso que existe o visagismo.

O visagismo é conjunto de recursos que incluem maquiagem, corte, penteado, coloração e outros, desenvolvidos para criar uma imagem pessoal que harmonize com a personalidade.

Para que o visagista tenha sucesso em equilibrar a estética com a personalidade, é necessário conhecer e levar em consideração aspectos importantes, como temperamento, comportamento, carreira e o que a pessoa deseja transmitir com a imagem. As características físicas como formato do rosto e formato do corpo, também são avaliadas.

O visagista trabalha tendo em mente que cada pessoa é única e possui características que a define, portanto, o equilíbrio entre o físico e o mental  transmitem mais sinceridade e confiança, além de melhorar a autoestima.

A ideia do visagismo não é nova. Desde o século 20, pessoas tinham a necessidade de se diferenciar pelo estilo. Mas o visagismo tomou uma proporção maior em 1930, pelo maquiador e cabeleireiro Fernand Aubry. No Brasil, o conceito de visagismo só veio a ser conhecido em 2002, através do artista plástico e também visagista, Philip Hallawell.

Com essa popularização, muitos profissionais investem nesses métodos e garantem a satisfação dos clientes, oferecendo não só uma mudança visual, mas a oportunidade de expressar a personalidade de forma visual e transparente.

Um comentário sobre “Visagismo: Uma imagem vale mais do que mil palavras

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *